Foto de cena

Luciana Bortoletto atuou como fotógrafa-assistente de Gil Grossi entre os anos de 2000 e 2008. Nesse período, a fotografia digital rapidamente se instaurou no mercado. Entretanto, quando inicia suas atividades ao lado de Grossi, aprende os princípios de revelação e ampliação analógica, com um pequeno estúdio de revelação em casa.

Exercitar qualidades de olhar, também a antecipação os movimentos do artista em cena são conhecimentos de base para um fotógrafo(a). Sua instrumentalização na linguagem não está dissociada de sua sensibilidade pessoal: agilidade na captura dos instantes e reconhecimento de boas composições. Dito isso, é fundamental dizer que esses ensinamentos aqui relatados foram aprendidos na convivência  com Gil Grossi. Foram inúmeras peças de teatro, espetáculos circenses, óperas, espetáculos de dança, jams de contato e improvisação no Estúdio Nova Dança, oficinas, audições, festivais, mostras, palestras, fotos para capas de discos de músicos independentes, registros do making-off e camarins de companhias em temporada, conversas com iluminadores cênicos que, durante oito anos consecutivos consolidaram uma base de conhecimento a Bortoletto, graças a parceria com Gil.

Gil Grossi fotografa cena desde 1985. É um dos fotógrafos mais talentosos que a cena de São Paulo tem e com um acervo riquíssimo, histórico para a dança paulistana dos últimos 35 anos.

Bortoletto caminhou junto por um período de 08 anos.

E como a fotografia é uma linguagem que garante a memória, o saber teórico, prático, sensível de quem atua nesse ofício  tornam-se parte do seu corpo-que-vê. Ainda hoje interfere, atravessa e influencia o pensamento estético da artista que aqui se apresenta.

Pois bem, aos poucos será criada galeria de imagens feitas por Luciana que ilustram sua experiência como fotógrafa que aconteceu concomitantemente à sua base de formação artística em dança, quando entre 2000 e 2008  seguia como estudante, professora, criadora, pesquisadora em dança contemporânea e improvisação. Para conhecer parte do legado de Gil Grossi, você que aqui está pode visitar o site do artista: www.gilgrossi.com . Aproveite para conhecer ou, quiçá, reconhecer outros tantos artistas da dança que estão na ativa hoje e que também merecem ser lembrados como parte de uma história da dança no Brasil em constante construção, através dos olhares de Gil Grossi. Compartilhe em suas redes sociais, faça circular conhecimento e memória da dança!